[38] 3229.2000

SUPERINTENDENTE BUSCA RECURSOS PARA FINALIZAÇÃO DE OBRA DO NOVO CTI DA SANTA CASA MONTES CLAROS

O superintendente da Santa Casa de Montes Claros, Maurício Sérgio Sousa e Silva, esteve em Brasília - DF, no último dia 2 de outubro, para participar de uma reunião com a bancada mineira no Congresso Nacional. O objetivo da viagem foi apresentar às lideranças os serviços do hospital e pleitear recursos públicos para a finalização da obra do novo Centro de Terapia Intensiva (CTI) da Instituição.

Atualmente, a Santa Casa de Montes Claros, que é o maior complexo hospitalar ao norte de Minas Gerais, conta com 10 leitos de CTI Geral, 10 leitos de CTI Coronariano e 10 leitos de CTI Neonatal. "São apenas 20 leitos adultos e 10 leitos infantis para uma Instituição que realiza em média 1 milhão e meio de atendimentos por ano e que é referência para uma população estimada em dois milhões de habitantes, por isso estamos empenhados em captar o recurso necessário para concluir as obras do novo CTI", explica o superintendente.

Em 2018, a média de solicitação de internação no CTI Coronariano ficou em 2,44 por dia. Já em 2019, de janeiro até setembro, a média por dia passou para 3,08 solicitações. Em relação as solicitações de internação para o CTI Geral, a média/dia em 2018 foi de 3,39. E, em 2019, período de janeiro a setembro, já alcançou 4,05 solicitações por dia. "Somente nos primeiros 9 meses do ano, esses números representam um aumento de 36 e 10%, respectivamente, em relação às solicitações de vagas em nossos CTIs", ressalta Maurício Sérgio.

Com o novo CTI, a Santa Casa de Montes Claros passará a contar com mais 28 leitos, sendo 8 deles de retaguarda. Além disso, o projeto prevê também 2 elevadores adaptados para macas. Durante a apresentação do projeto, os deputados da bancada mineira ressaltaram o apoio ao projeto.






Voltar