[38] 3229.2000

HOSPITAL REALIZA PROCEDIMENTO INÉDITO PARA TRATAMENTO DE CÂNCER DE BEXIGA

Cistoprostatectomia Radical foi conduzida em equipe pelos urologistas da Santa Casa de Montes Claros, Dr. Conrado Menezes, Dr. Vinicius Figueiredo Carneiro e Dr. Sérgio Santos Rametta

Na última semana, um paciente de 67 anos, foi submetido a um procedimento inédito na Santa Casa de Montes Claros. A primeira cirurgia de Cistoprostatectomia Radical por Videolaparoscopia, que consiste na retirada da bexiga, próstata e vesículas seminais, foi realizada através do Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo com Dr. Conrado Menezes, chefe da clínica urológica do hospital, o procedimento, considerado de alta complexidade, é realizado em grandes centro urbanos, como Belo Horizonte, porém, em poucos centros especializados. "Para a realização da técnica diferente, contamos com a parceria de duas empresas, a Agis e a Nacional, que doaram o material (clipes e pinças especiais), utilizado no procedimento", fala.

A técnica utilizada é inédita na região, pois foi realizada por via laparoscopica. Dr. Conrado explica que habitualmente, o procedimento é realizado por 'via aberta'. "A importância de utilizarmos técnicas minimamente invasivas é que a recuperação do paciente é mais rápida. Além disso, há menos sangramento durante o procedimento", conta.

De acordo com Instituto Nacional de Câncer (INCA), estima-se que anualmente são detectados quase 10 mil novos casos de câncer de bexiga no Brasil, sendo que destes, aproximadamente 7 mil ocorrem em homens e cerca de 3 mil em mulheres. O urologista ressalta que o principal sintoma relacionado ao câncer de bexiga é sangue na urina (hematuria) e o principal fator de risco é o tabagismo.






Voltar