[38] 3229.2000

Questão de qualidade

Santa Casa conquista certificado de Hospital Acreditado Pleno

Motivo de orgulho para o norte de Minas. A Santa Casa de Montes Claros, após conquistar o certificado de Hospital Acreditado, agora alcança mais uma meta: a certificação de Hospital Acreditado Pleno (nível 2). O trabalho constante pela qualidade em todos os serviços prestados aos usuários do hospital é um dos fatores determinantes dessa vitória e evidencia o potencial da instituição como uma das principais instituições de saúde do Brasil.

As certificações concedidas pela ONA-Organização Nacional de Acreditação e Ministério da Saúde representam o reconhecimento pela atuação integrada de setores assistenciais e gerenciais, que comprovam a competência e a credibilidade da instituição, que se preocupa em oferecer à população o que existe de melhor em assistência à saúde, focada na qualidade do atendimento, que destaca o pioneirismo da Santa Casa como único hospital da região a conquistar os títulos.

A gerente de qualidade da Santa Casa, Maria Fernanda Ribeiro, ressalta que os esforços contínuos em busca de aprimoramento e de participação no programa de qualidade renderam à Santa Casa o título a Acreditação Plena, que atesta a segurança e a competência no gerenciamento dos nossos processos em conformidade com a legislação vigente no Brasil. “Enfatizamos que todas as etapas que levaram à conquista da Certificação de Qualidade foram iniciadas com o Planejamento Estratégico, processo gerencial de melhoria contínua”, explica.

Ela enfatiza que o nível pleno de qualidade vem confirmar todo o trabalho de uma equipe integrada e bem gerenciada. “A certificação é muito importante para todos os colaboradores, como fator de reconhecimento do trabalho desenvolvido. São os colaboradores que põem em prática as determinações da ONA e que trabalham com elas no dia- a- dia. As equipes técnicas, médicas, de suporte e apoio estão de parabéns pela conquista”.

Durante o processo de preparação do hospital para obter a certificação foram realizados o mapeamento dos indicadores de cada área e a implantação de uma ‘cultura interna da qualidade’.

Para isso, o desenvolvimento de trabalhos contínuos entre o Escritório da Qualidade e o corpo gerencial da instituição buscou aprimorar as práticas de gestão da prestação dos cuidados e de gestão da informação, visando instalar um processo de educação continuada, que resultou na segurança de usuários e profissionais, na construção de um verdadeiro trabalho em equipe, no gerenciamento de processos e na melhoria contínua da assistência.

Quem se beneficia com a conquista da Acreditação Hospitalar nos níveis 1 e 2 é a população, que pode usufruir de assistência à saúde por meio de serviços controlados e investimentos em gestão hospitalar, fatores que conferem segurança e qualidade ao atendimento.
 






Voltar